Filhote de leão não consegue dormir sem seu cobertor favorito, mesmo após adulto

Por
em Mundo Animal

O leão africano chamado Lambert teve sua vida transformada quando o In Sync Exotics (um santuário que proporciona um lar permanente e amoroso para animais selvagens resgatados), localizado no Texas, Estados Unidos, o socorreu das mãos de uma família que havia o comprado ilegalmente. O caso ocorreu em junho de 2014.

Os humanos tomam atitudes por impulso e com certeza foi o que uma família americana fez. O casal havia assistido o filme 'Rei Leão' e as crianças ficaram encantadas com o filhote Simba. Então os pais acharam prudente 'adotar' um leãozinho para contentar os filhos. Um absurdo.

Claro que o animalzinho iria crescer e se tornar um leão e a família, percebendo o equivoco da atitude egoísta, decidiu procurar ajuda no santuário In Sync Exotics.

Segundo o portal de notícias britânico Daily Mail, Vicky Keahey, fundadora do local e salvadora do Lambert, quando o viu pela primeira vez, se espantou. O leãozinho estava mais para um cachorrinho. Pobrezinho!

“Depois de um curto período de tempo, a família decidiu que não poderia mantê-lo, então fomos contatados perguntando se poderíamos levá-lo, o que é claro que ficamos felizes em fazer”.

Ao chegar no seu novo lar, o filhotinho foi instalado e Vicky colocou um cobertor em dos cantos do recinto, pois o pequeno estava acostumado a dormir em uma cama, não se demorou para o leãozinho se enrolar nele.

"Ele se enrolou naquele cobertor e foi dormir. Desde então, sempre dou um cobertor para ele”.

Lambert nasceu em cativeiro para se tornar o mais domesticado possível e, por conta das circunstâncias em que nasceu e cresceu, a equipe do santuário não pôde realocá-lo para o seu habitat natural.

“Ele tem 7.000 pés quadrados de espaço para correr, o que inclui uma área coberta para sombra e proteção contra o clima e um playground ensolarado e gramado com a piscina onde ele adora brincar”.

Aos seus 2 anos de idade, se tornou um belo e magnífico leão. Mas o amor pela sua cobertinha não se esvaiu, ao contrário, Lambert continua carregando-o para todos os lugares.

“Ele é como qualquer outro leão de 2 anos no sentido de que é ativo, brincalhão e cheio de gentileza. Você sabe onde você está com ele".

Os leões são predadores selvagens, animais que caçam para sobreviver. As espécies predadoras são essenciais para o equilíbrio do ecossistema, evitando a superpopulação dos animais.

Quando são removidos do seu habitat natural, podem sofrer de estresse, adoecer e desenvolver problemas comportamentais, como a agressividade.

E por terem o instinto de predador, são pouquíssimas as chances de se tornarem domesticáveis, sendo um ato egoísta de quem tenta fazer isso.

Vídeo: Cadela sai para fazer xixi e volta com GATO abandonado que resolveu ADOTAR

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo