Para salvar seu labrador, criança vende seu bem mais valioso: cards de Pokémon

Por
em Cães

O menino Bryson Kliemann, 8, vive com a sua família na Virgínia, Estados Unidos e a atitude da criança em arrecadar fundos para o tratamento do seu cão doente, da raça labrador, emocionou milhares de pessoas. O rapazinho colocou seus cards de Pokémon à venda.

O amor não tem idade e nem acepção, sendo capaz de tudo para ver o outro bem. E com certeza o amor de Bryson pelo seu cachorrinho Bruce é o mais genuíno. A criança, para recuperar a saúde do seu amigo, colocou à venda a sua maior riqueza: seus cards de Pokémon.

“Seus cards de Pokémon são seu bem mais valioso”, disse sua mãe, Kimberly Woodruff, de 26 anos ao Usa Today.

O garoto sempre quis um cachorro e chorava toda vez que ia a um abrigo e não voltava para casa com um peludinho. Então, em março, a labradora de um amigo da família deu à luz, foi oportunidade que Bryson teve para adotar o Bruce.

Desde que o pretinho foi adotado, o garoto tem vivido dias muito felizes. Sendo amigos inseparáveis, um acompanha o outro em todas as tarefas.

Porém, o inesperado aconteceu, o peludinho começou a emagrecer repentinamente. Então, foi levado ao veterinário que o diagnosticou com parvovirose. A mãe do garoto decidiu administrar a medicação em casa, contudo não estava dando efeito.

O cachorrinho precisava urgentemente de um tratamento específico que custaria R$3.300,00, nos três primeiros dias. Valor que não implica os dias que o peludinho precisaria ficar, após o tratamento, no hospital. Infelizmente era uma quantia que a família não poderia custear.

Quando Kimberly comunicou a situação ao filho, a criança ficou desolada.

“Mãe, não quero que Bruce morra”, disse ele em meio às lágrimas. "Vou rezar para que ele não morra".

O menino foi para a escola de coração partido, mas quando voltou, executou um ideia que acreditava ser a solução para ajudar o seu amigo: vender os cards. O menino coleciona as cartas desde os quatro anos, quando seu pai o apresentou. E todo o Natal, aniversário ou feriado, ele pedia cartões.

A mãe desencorajou o filho a tomar tal atitude, pois sabia do apreço da criança por aquela coleção, mas não adiantou. No dia seguinte, Bryson estava sentado no jardim com uma placa que dizia: “VENDO cards de Pokémon 4”.

Não demorou para que a vizinhança se aproximasse, acreditando que o menino estava tirando uma renda extra. Mas quando souberam o real motivo, se emocionaram e começaram a espalhar por toda a cidade.

“Tudo começou com alguns vizinhos, e então essas pessoas contaram para outras pessoas e elas contaram a mais pessoas, e continuou e continuou”, disse Woodruff.

Amigos da família que moram distante os incentivaram a criarem uma vaquinha - e assim fizeram. Vizinhos trouxeram suas próprias coleções de cards de Pokémon e deram a Brysos para reabastecer sua coleção. Outros doaram dinheiro e suprimentos para o cachorro.

O valor da vaquinha excedeu a meta, então a família decidiu doar o restante do valor às famílias necessitadas.

A atitude de uma criança mobilizou centenas de pessoas. Quando se há amor, nada é impossível! Se o seu bichinho está com problemas de saúde e você não tem condições de arcar, não chore, busque alternativas. Sempre há uma maneira de resolver uma situação impossível. Creia!

Vídeo: Cachorro pug sem pelos passa por transformação INCRÍVEL

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo