Mulher envia carta de desculpas a vizinhos por barulhos de seu filhote e recebe resposta

Por
em Cães

Uma gaúcha, através de uma simples atitude, demonstrou o quão importante é manter a prática da boa convivência entre vizinhos.

A fotógrafa Ingridi Lahm reside em Caxias do Sul e no mês de agosto adotou um filhote de cachorro, nomeando-o Bruce.Preocupada que o choro do peludinho estivesse perturbando os vizinhos, lhes enviou uma carta de desculpas e a resposta não poderia ter sido mais fofa.

O vídeo que relata a singela atitude foi compartilhado no perfil do TikTok da Ingrid, em setembro.

Sabemos que quando filhotes os cães requerem mais atenção, muitas vezes choram, ou porque querem comida, ou tão estranhando ficarem longe da mãe, ou porque estão sozinhos, a lista é longa... o que não falta é motivo para os chorinhos.

E Ingridi, sabendo que muitas vezes o choro excessivo pode incomodar os vizinhos - principalmente quando se mora em apartamento -, decidiu mediar a situação.

A ideia foi simples e ótima: ela escreveu bilhetes pedindo desculpas pelo barulho do filhote e anexou dois Bis (chocolate) e colocou embaixo das portas de cada morador. Encantada com essa ação!

Ela teve essa atitude no final da tarde e à noitinha recebeu a resposta de um dos moradores do prédio que a deixou fascinada. O bilhetinho vinha com o símbolo do aplicativo WhatsApp e escrito 'Mensagem enviada', além de duas balinhas.

Na cartinha o vizinho se identificou como Kelvin, de 10 anos, do apartamento 205 e que não tinha ouvido nenhum ruído do filhote. Curioso, perguntou o nome do mascotinho e disse que ele e a sua irmã, Kési, gostariam de conhecê-lo porque gostam de cachorros.

No final, agradeceu os chocolates recebidos, além de ter ganho o coração da vizinha. A publicação recebeu mais de 130 mil visualizações, 38 mil reações e milhares de comentários cheios de amor.

"Não sei quem é mais fofo nessa história: o dog ou o Kévin e a sua irmã Késia", comentou um.

Confira:

E essa não foi a única resposta. Veja:

Essa atitude não deixa dúvidas de que 'gentileza gera gentileza'. Não deixe de praticá-la!

Veja também este vídeo:

9 pets que provaram ser independentes