Cachorro retorna para casa após desaparecer por dois anos

Por
em Cães

Uma família tailandesa ficou chocada ao descobrir que seu cachorro, que havia desaparecido completamente há dois anos, estava vivo e pronto para ser adotado - de novo!

Segundo o The Senior, no final de 2017, Baymax, um shih-tzu, então com três anos, fugiu de casa, aproveitando um descuido da família.

“Percebi que o portão lateral estava aberto. Eu rapidamente saí e por um tempo procurei por ele na vizinhança, mas não havia sinais de sua presença, ele havia sumido. Foi algo devastador para todos”, diz Peter Phethalankham, patriarca da família.
"Embora estivéssemos esperançosos nas primeiras uma ou duas semanas, lentamente começamos a nos entristecer, aceitando o fato de que Baymax não voltaria para casa”, complementou.

Os meses se passaram e as esperanças de reaver o cãozinho ficaram para trás. Apesar disso, Peter e sua família mantiveram os brinquedos e a casinha de Baymax em casa.

No início de fevereiro do ano passado, a ONG Dog’s Home telefonou para Peter.

Eles haviam encontrado um cachorro, cujo microchip apontava-o como propriedade da família Phethalankham.

“A alegria foi inacreditável”, afirma o tailandês. “Ficamos incrédulos o tempo todo enquanto viajávamos até o abrigo para pegar Baymax de volta”.

Talvez o momento mais incrível de todo aquele turbilhão de sentimentos foi o reencontro entre a família e o cachorro, agora com cinco anos de idade.

“As crianças o abraçaram muito. Foi um momento majestoso. Estamos muito agradecidos termos uma segunda chance com ele", afirmou Peter.

A ONG Lost Dog’s acolhe cerca de 7 mil cães todos os anos. Boa parte deles recebem uma segunda chance de serem felizes, seja retornando para seus antigos lares adotivos, seja sendo acolhidos por novas famílias amorosas.

ESTREAMOS NO YOUTUBE! CONFIRA O NOSSO PRIMEIRO VÍDEO:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.