Irmão de Kate Middleton conta como sua cachorra cocker spaniel o ajudou a vencer a depressão

em Notícias

Para o ativista James Middleton, irmã de Kate Middleton, a Duquesa de Cambridge, os cães são muito mais do que os melhores amigos do homem.

Irmão mais novo da duquesa, James, de 33 anos, apareceu recentemente no programa “Sunday Morning Live” da BBC do Reino Unido, onde falou sobre sua luta contra a depressão e como seus cães o ajudaram a vencer a doença.

Em seu perfil no Instagram, onde tem 194 mil seguidores, o ativista compartilhou um trecho da entrevista e escreveu: “Os cães não mudam apenas vidas… eles as salvam”.

“Eles são companheiros muito, muito leais”, afirmou James no vídeo. “Para mim, em tempos difíceis e bons, eles são meus amigos fiéis.”

O ativista também relatou como a cadelinha Ella, uma cocker spaniel, foi fundamental para ajudá-lo a lidar com a depressão. “Ella foi minha companhia em todas as sessões de terapia, que eu relutava muito para ir”, explicou. “Mas com ela ao meu lado, fiquei realmente confiante em compreender que tinha uma doença mental. Eu iria mais longe e diria que devo minha vida a Ella, e ela não sabe disso”.

Além da cachorrinha Ella, James é pai orgulhoso de Zulu, Inka, Luna, Mabel e Nala.

No ano passado, o irmão de Kate Middleton veio a público pela primeira vez para falar sobre a importância da conscientização dos problemas mentais e sobre a depressão, na qual ele mesmo estava lutando há cerca de um ano.

Para James, sem os seus cães, ele simplesmente não conseguiria vencer a doença. “Eu não conseguia me comunicar, mesmo com aqueles que mais amava: minha família e amigos próximos”, refletiu. “Sei que sou muito abençoado e tenho uma vida privilegiada. Mas isso não me tornou imune à depressão. É complicado descrever a condição. Não é apenas tristeza. É uma doença, um câncer da mente. ”

“Ella, particularmente, tem sido minha companheira constante por 10 anos e ela tem estado comigo em todas as minhas sessões de terapia”, ele continuou. “Em sua maneira particular, ela me manteve prosseguindo. Como resultado, Ella e eu agora somos voluntários na instituição de caridade Pets As Therapy e Ella é uma verdadeira cadela de terapia para a organização”.

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.