Policiais salvam cachorro que ficou preso entre paredes após sofrer queda; crianças agradecem

Por
em Notícias

Duas crianças de Neza, no México, agradeceram pessoalmente aos policiais do departamento de polícia local por terem salvo a vida do seu cachorro, que escapou ileso de um acidente de carro.

A história foi parar no Twitter e viralizou, alcançando centenas de milhares de pessoas em poucos dias. Os policiais receberam diversas mensagens de agradecimento e elogios.

Segundo o site peruano Wapa, no início deste mês, moradores da comunidade de Nezahualcóyotl testemunharam o desespero das crianças ao descobrirem que seu cachorro havia ficado preso entre duas paredes estreitas depois de brincar no telhado de casa.

Um passo em falso fez com que o animal perdesse o equilíbrio e acabasse caindo de costas no minúsculo espaço, com imensa dificuldade para respirar.

Resgate executado pela polícia

Ao ouvir o barulho da queda, os irmãos de 5 e 7 anos correram para pedir ajuda aos pais, que convocaram a Polícia Municipal da cidade de imediato.

Uma patrulha que estava bem perto do chamado da ocorrência chegou poucos minutos depois e iniciou um plano de resgate do animal, que chorava muito de dor, pressionado contra as paredes.

O vão era tão pequeno que os policiais não conseguiam sequer passar o braço. Sem opções, eles resolveram abrir um buraco entre as paredes para permitir a passagem do animal.

Após algumas horas de trabalho, o cãozinho Goody finalmente foi libertado e recolhido nos braços pelas crianças.

“Ele está vivo, Goody está vivo”, gritaram efusivos os irmãos.

Ao final, a família das crianças levou o cachorro ao veterinário, que não constatou qualquer fratura ou perfuração no corpo do cão. Ele passa bem.

Confira algumas imagens no vídeo abaixo:

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.