Lampo, o cão 'alma livre' que gostava de viajar sozinho de trem na década de 1950

Por
em Cães

Na década de 1950, um cachorrinho chamado Lampo se tornou muito popular na estação ferroviária de Capiglia Marittima, na Toscana, Itália, por seu gosto peculiar de viajar sozinho de trem.

O peludinho era conhecido como 'alma livre', pois de trem em trem percorria os mais diferentes lugares, e nunca deixava de retornar para o seu lar na estação de trem. Incrível!

Tudo começou quando um homem que trabalhava na bilheteria do local, Elvio Barlettani, percebeu o cachorrinho circulando na estação, porém sem dar a mínima, deixou-o perambular.

Mas, instantes depois, o mesmo peludinho retornou no seu ambiente de trabalho abanando o rabinho, chamando-lhe a atenção para um carinho. O início de uma linda amizade!

O cachorrinho ganhou o coração do Elvio e de todos os trabalhadores e viajantes da estação.

O bilheteiro foi o seu primeiro amor e, por conta disso, o cachorrinho sempre tentava segui-lo no fim do expediente para sua casa. Contudo, o homem impedia a entrada do cãozinho no veículo, temendo a reprimenda do seu supervisor.

Até que depois de várias tentativas, Lampo conseguiu entrar, sem que Elvio o visse. Ele se acomodou em seus pés e, quando o homem percebeu, o transporte já havia partido. E para evitar a advertência, o manteve escondido até o fim da viajem.

Depois de deixá-lo em casa, o peludinho pegou novamente o trem e retornou para a estação que considerava ser a sua casa. Desde então, o cachorrinho passou a fazer esse trajeto. Muito fofo!

Para saber mais sobre essa inacreditável história, confira o vídeo abaixo:

Veja também este vídeo:

O gato Horatio: ele encanta o público de biblioteca com suas fantasias de personagens literários

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo