Vídeo: Mamãe ursa repreende filhote que tentou espiar mulher pela janela de casa

Por
em Notícias

Há algumas semanas, a norte-americana Sumer Walser Williams e seu marido foram acordados por um visitante inesperado (e intrometido!) em sua casa na Carolina do Norte (EUA). Em plena madrugada, um bebê urso estava batendo à porta.

“Ouvimos um barulho do lado de fora da janela do nosso quarto, na varanda”, disse Sumer ao portal The Dodo. “Fiquei espantada ao acender as luzes da varanda e encontrar um filhote de urso na minha frente”.

Sumer e seu marido não conseguiam acreditar no que viam: o filhote curioso se levantou e começou a espiar pela janela. Mas eles não estavam bravos com ele por fazer barulho ao amanhecer. Pelo contrário, o casal ficou encantado e intrigado com a visita inusual.

Só que nem todo mundo estava gostando da cena: a mãe do filhote achou que ele estava ‘ultrapassando todos os limites’. Tanto que pouco depois ela se aproximou da varanda e repreendeu seu filhote, provavelmente por ele estar ‘invadindo a privacidade das pessoas’.

Sumer, que é mãe de duas crianças, entendeu bem o recado ao ver a maneira como a ursa reagiu ao seu filhote mal comportado.

“Me identifiquei super”, disse. “Ela mostrou que alguns aspectos da maternidade são uniformes entre as espécies”.

Questionada sobre o que a mamãe ursa provavelmente teria "dito" ao bebê, Sumer disse que seria algo como: “Eu já disse a você cem vezes para não incomodar as pessoas!”, brincou.

A norte-americana gravou tudo em vídeo:

Ao que parece, o filhote entendeu a lição porque os ursos logo se perderam na escuridão, deixando a Sumer e seu marido uma memória que eles serão capazes de contar - e mostrar aos netos no futuro;

“Essas visitas são apenas lembretes de que somos tão hóspedes em suas casas quanto eles são na nossa”, concluiu ela.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.